Entretenimento

Entretenimento

  • Árvore da Prosperidade (Tree of Prosperity)


    A dourada Árvore da Prosperidade, com mais de 2.000 ramos e 98.000 folhas composto por ouro de 24karat e bronze é um símbolo do auspício. Projectado para animar os visitantes que vão entrando no Wynn Macau, o espectáculo da Árvore da Prosperidade é uma obra coreográfica de brilho, com padrões de escultura, música, vídeo e luz. Esta Árvore, que preenche o átrio, retrata os símbolos da astrologia chinesa e ocidental. No final do espectáculo, a árvore ergue-se e transforma-se nas cores vibrantes das quatro estações.

    Duração e Horário: Duração de 7 minutos, diariamente em intervalos de 30 minutos das 10.00h às 02.00h.

  • Tesouro do Dragão (Dragon's Treasure)


    Mergulhe no "The Bubble", uma atracção icónica no City of Dreams. Com imagens e sons explosivos, assim como excitantes efeitos sensoriais, o Tesouro do Dragão conta a história da Pérola do Dragão e os misteriosos poderes atribuidos aos quatro "Dragon Kings", que o leva a uma incrível aventura sensorial pelos seus reinos mágicos.

    Duração e Horário: Duração de 10 minutos, diariamente em intervalos de 30 minutos das 12.00h às 18.00h, em intervalos de uma hora das 19.00h às 22.00h.

  • Ópera Yueju (Ópera Cantonense) - Lista do Património Cultural Imaterial


    A Ópera Yueju predomina nas regiões da China onde se fala cantonense, incluindo em toda a Provincia de Guangdong, Guangxi, R.A. E. de Hong Kong e a R.A.E. de Macau. A Ópera Yueju remonta a mais de 300 anos, e tornando-se a mais influente no Sul da China.

    Para além, da Ópera de Pequim, a Ópera Yueju é a única que utiliza o dialecto cantonense.

    Antes do século XVIII, parte dos elementos da Ópera Yuejo foram incorporados de outras formas de espectáculos de ópera que se espalharam para o Sul da China. A actuação deste tipo de ópera é baseada em elementos musicais, combinada com actuações musicais, com instrumentos de corda, nomeadamente o erxian (instrumento chinês de duas cordas), o yuequin (guitarra da lua), o sanxian (instrumento chinês de três cordas), o violino de bamboo, o xiao (flauta de bambú), entre outros (cunjunto dos cinco instrumentos) e instrumentos musicais de percussão, como Gongos e Tambores.

    Em Setembro de 2009, a Ópera Yuejo foi oficialmente registada na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

    A Ópera Yueju tem mantido uma forte vitalidade e tem sido amplamente dispersada entre a comunidade Cantonense, estrangeiros e locais.  Tornou-se símbolo de identidade ética e de intercâmbio cultural, que se tornou numa tradição importante para os estrangeiros  compreenderem melhor sobre a cultura chinesa.

    - Actuações da Ópera Yueju (Ópera Cantonense) 2011

Pages